Viagem no tempo... Uma lição de história

Doçaria Conventual

PasteisNata01Doçaria Conventual

Portugal é garantidamente, o mais rico país da Europa em doçaria conventual, tendo para isso contribuído em grande parte os seus diversos conventos e mosteiros.

Entre muitos, o Mosteiro de Odivelas tornou-se num dos maiores obreiros para esta enorme riqueza patrimonial.

Da sua longa tradição em especialidades de confeitaria e doçaria conventual, destacam-se: Cuvilhetes de abóbora, Esquecidos, Fartens, Marmelada, Mimos, Pastéis de nata, Pudim da Madre Paula, Suspiros de Amêndoa, Raivas, Tabefes, Toucinho do Céu entre tantos outros.

Antigas alunas do Instituto de Odivelas cozinhando, depois de terem calculado os elementos da refeição

Uma curiosidade desconhecida por grande parte da população portuguesa, é o facto de também os muito apreciados e famosos Pastéis de Nata, serem uma sábia criação das freiras bernardas residentes no Mosteiro de Odivelas.

Embora não tenham sido apenas os Doces do Mosteiro a torná-lo famoso, apresentamos nestas páginas receitas originais da doçaria conventual do Mosteiro de Odivelas, bem como outras receitas igualmente famosas que também aqui eram confecionadas, ainda que derivadas de outras regiões, mosteiros ou conventos.

Print

Login